segunda-feira, 11 de abril de 2011

RIVERBREEZE

Junto com a banda Vitrine, daqui da cidade, completa a noite do Coletivo Cultcha a banda RIVERBREEZE, de Goiânia!


Riverbreeze, banda de indie rock goiana, faz jus ao seu nome. River, que trás como significado "rio", mostra a agressividade dos efeitos no sintetizador e a animação das músicas, e breeze, que significa "brisa", carrega a calmaria das guitarras quentes e viajantes.
A banda Riverbreeze teve sua formação completa em 2010, mas nasceu em 2009, seguido de 8 meses de estúdio. Depois de algumas apresentações como Travelers Inn, a banda mudou seu nome em novembro de 2010, lançando também o seu primeiro single no estúdio Rocklab, com o produtor Gustavo Vazquez, em Goiânia. O single contém duas faixas: She Was Out of Control e Take me Away.
Influenciada por bandas de indie rock como Strokes, The Killers, Muse, Interpol, Kings of Leon. Livre de outros estilos, a banda promete shows animados, quentes e viajantes.
"Um simples release não comportaria a vasta influência do grupo. Talvez fosse necessária a grande extensão de um arquivo científico para descrevê-la. Isso devido ao simples fato de que os integrantes transpõem as barreiras do mundo da música e vão além, buscando inspirações nas mais variadas fontes artísticas. E, como a obra do quarteto é resultado de tudo aquilo que o grupo consome (artisticamente falando), suas músicas refletem toda a pluralidade da banda. Com guitarras às vezes desvairadas, às vezes "swingadas", baixo marcado, bateria que a melhor definição é inexplicável, e com leve toque de sintetizadores, tudo amarrado pelo vocal, que é sujo e frágil ao mesmo tempo. O resultado é a contraditória Riverbreeze, que não cabe em nenhum rótulo, ou talvez em vários deles" (Danilo Pimentel).

Nenhum comentário:

Postar um comentário