quarta-feira, 30 de junho de 2010

FESTA SHOW 1 ANO DO COLETIVO CULTCHA


Cá estamos celebrando uma primavera do Coletivo Cultcha. Todas as garrafas de cerveja, noites de ouvidos saturados e solas de all star gastas fizeram-se valer. Tudo começou em fevereiro de 2009 quando o Valdez, banda taguatinguense, desbravou o selvagem centro-oeste pela primeira vez em sua carreira, para tocar no festival Grito Rock de Cuiabá. Na aventura, o grupo e seus amigos foram apresentados a ideologia do circuito Fora do Eixo e compraram a ideia do toma lá da cá do independente: promova shows locais, seja hospitaleiro, fortaleça a cena e serás agraciado com as vantagens de integrar uma rede de coletivos e agentes culturais com as mesmas ambições. Alguns meses depois, o Valdez em parceria com outras cinco bandas da mesma estirpe musical criaram o primeiro coletivo de Brasília.

Hoje, os coletivos parecem pipocar mais que as bandas em si. A cada dia cresce mais a teia de cordas de guitarra que sustenta o diálogo entre artistas iniciantes, ascendentes e grandes nomes da uma vez rotulada cena underground. Nos dias atuais é mais lógico rotular de under as decadentes gravadoras e reconhecer o título de mainstream ao circuito independente, muito mais articulado e promissor.

Na sexta, dia 9, acontece a festa de aniversário do Cultcha. Optamos por equivaler o som dos instrumentos com o som das pick ups. Isso significa que apenas duas bandas vão tocar dividindo a diversão com três DJs. Os anfitriões do Valdez vão lançar seu muito aguardado EP de estréia; e de Planaltina, a Gilbertos Come Bacon traz sua salada musical de ritmos brasileiros e guitarras pesadas. Nos discos o casal Boscox & Alice e o DJ Juru do Coletivo Perde a Linha garantem grooves e rock do bom.

Sem delongas, esteja convidado para um evento que canoniza a boa fé de um grupo de pessoas que, por mais clichê que possa parecer, só está nessa pela música. Politicagem e demagogia não entram aqui. Até onde iremos não importa, nem pensamos a respeito. “Morra jovem e permaneça bonito”. De um jeito ou de outro é tudo lucro.


FESTA SHOW 1 ANO DO COLETIVO CULTCHA


Com as bandas

Valdez (lançando seu 1º EP)
Gilbertos Come Bacon

E os DJs
Boscox & Alice
Juru (Coletivo Perde a Linha)



Sexta, dia 9 de julho, a partir das 21h. Entrada: R$ 7,00. (Os 15 primeiros pagantes ganham o EP do Valdez).
Dose dupla de caipirinha até meia-noite.
No Bar Água de Beber, QS 3, Pistão Sul de Taguatinga (em frente ao Carrefour).

Não recomendado para menores de 18 anos

Realização:

Coletivo Cultcha

Informações: 8531-0725, 8530-2833 ou coletivocultcha@gmail.com

Apoio:
Circuito Fora do Eixo
Nathely Pizzaria Express
Rochê Motores

SHOW DE LANÇAMENTO DO COLETIVO GUINDASTE


João Paulo Neves Cabral


Agora Sobradinho também possui um coletivo. Com o foco em se tornar um agente Cultural e não só musical, o objetivo do Coletivo Guindaste é fomentar uma cena com todos os outros primos da arte. Apesar da cidade ser um "celeiro" de artistas, onde foram catalogadas cerca de 70 bandas, roqueiros e agentes culturais ja tentaram há muito desenvolver alguma programação contínua pela na cidade. Incomodadas pelo marasmo, quatro bandas e mais alguns amigos resolveram arregaçar as mangas e ir mais uma vez à obra. Aliás, a erguer a obra. Inspirados na atitude "faça voce mesmo" e vendo outros coletivos pipocarem aos montes no DF, os músicos Sobradinhenses aproveitaram essa onda para ampliar o tapede do circuito para o seu lado e tentar de uma vez por todas, unificar a cena da cidade.

ENTREVISTA com Juliam, um dos ponta-de-lança do Guindaste:

O que é o Coletivo Guindaste?

O Coletivo é união de quatro bandas de Sobradinho e alguns amigos que decidiram "sacudir" a cena cutural da cidade, que tem uma riqueza e uma singularidade impressionante. Em quantidade o Coletivo Guindaste são 20 pessoas e em nome o coletivo é o Guindaste que tira do fundo e traz pra surperficie.

De onde surgiu a idéia de montar um Coletivo e porque sentiram a necessidade de fazer?

A idéia surgiu diante de toda a movimentação das outras cidades onde as coisas estão dando tão certo. A necessidade de se montar o Coletivo é óbvia, na cidade a cultura é muito pouco "utilizada" e em alguns casos até descriminalizada, e a maioria de jovens que moram aqui sentem a necessidade de novidade e diversão, então ai surgiu a necessidade de se ter algum grupo que fomentasse e movimentasse a cultura na cidade.

Quais são os planos futuros do Coletivo?

Os objetivos do Guindaste são claros, primeiro de tudo é fazer eventos que possam unir outros Coletivos e colocar as bandas cada vez mais na medida para que possam seguir seus caminhos e fazer a união de mais segmentos culturais além da música.

Como as bandas interessadas no projeto do Guindaste podem entrar em contato?

As bandas interessadas em entrar no Guindaste podem consultar nosso blog, orkut ou twitter e lá podem consultar nossos contatos ou deixar algum recado.

Falem um pouco sobre a noite de lançamento, o ACORDA!!!

O lançamento do Guindaste foi divulgado antes mesmo que fizessemos qualquer material de divulgação, o que é sensacional porque mostra o apoio dos outros Coletivos. A noite de lançamento será no dia 03/07/2010 e terá participação do Valdez do Coletivo Cultcha, Gilbertos Come Bacon do Coletivo D´armas, Enema Noise do Coletivo Bloco e os representantes do nosso Coletivo, Casacasta e Darshan. Com apoio do Brasília Outro 50, o rapper GOG e Maestro Rênio Quintas e Célia Porto são as atrações especiais. O evento terá entrada franca e será realizado no estacionamento do estádio Augustinho Lima.

segunda-feira, 14 de junho de 2010

FESTIVAL DESDOBRA


Novos ventos pairam sobre a cena rockeira no DF. Cada vez mais as bandas estão tomando iniciativas e se juntando através de coletivos, para movimentar a produção cultural local. Se no ano passado tivemos o próprio Cultcha e o Coletivo Esquina, esse ano já surgiu o Coletivo Escape, o Coletivo Insônia na cidade satélite de Samambaia, e agora é a vez do Coletivo Volts, oriunda da cidade satélite do Gama. Pra dá inicio as suas atividades, o Coletivo Volts promove neste sábado (19/06) o festival Desdobra. Quatro bandas do DF estarão se apresentando a partir das 15h no Espaço Cultural Bagagem, Qd. 40 do Setor Central do Gama. E o melhor de tudo, entrada franca. Estarão se apresentando no dia: Desdobradores do Tempo no Horizonte Vertical, Casacasta, Biônicos e Enema Noise. A seguir uma entrevista com a Loyane Marques do Coletivo Volts.

ENTREVISTA

CC: O que é o Coletivo Volts?

LM: O coletivo Volts é uma união dos que desejam inserir o Gama na movimentação musical-cultural do DF, e trazer também esta mesma movimentação aqui para nossa cidade. Nosso objetivo é fomentar cultura independente e assim fimar parcerias com outros coletivos e promover o intercâmbio de informações, experiências e cultura.

CC: De onde surgiu a idéia de montar um Coletivo e porque sentiram a necessidade de fazer?

LM: A idéia surgiu através do Jones S.S. (da banda Desdobradores) que conheceu o trabalho do Bloco e das bandas que participam desse circuito. Entramos assim em contato com o bloco, conhecendo o Lamin que nos passou a sistemática do trabalho dos coletivos do DF. Sentimos essa necessidade porque o propósito de criar um coletivo adequou-se perfeitamente a nossa ideologia. Aqui, ainda não convivíamos com essa cultura de colaboração mutua e agora podemos centralizar e ao mesmo tempo expandir uma idéia que é muito foda!

CC: Quais são os planos futuros do Coletivo Volts?

LM: Pretendemos manter uma produção cultural constante que envolva shows, palestras, cultura popular etc. Esses eventos ocorrerão de dois em dois meses a princípio e diminuir esse intervalo mais para frente. Queremos com isso estreitar esse circuito de bandas e diminuir distâncias, quebrar o gelo mesmo!

CC: Como as bandas interessadas no projeto do Coletivo Volts podem entrar em contato?

LM: Quem quiser pode entrar em contato conosco pelo email: coletivovolts@gmail.com , ou ligar para a gente nos telefones 9178 5799, 3556 6605 e 3384 2453, ou ainda procurar gente pessoalmente.

CC: Falem um pouco sobre o festival de lançamento, o Festival Desdobra.

LM: Será o primeiro evento organizado pelo Volts. A idéia foi convidar uma banda de cada coletivo, pretendemos fazer um evento pequeno, porém bem organizado. O evento vai acontecer dia 19 de Junho de 2010 a partir das 15h, com apresentação das bandas Biônicos, Desdobradores do tempo no horizonte vertical, Enema noise e Casacasta além da apresentação do grupo Bagagem com o espetáculo “Varal de bonecos”. Quem levar alimentos e roupas concorrerá a prêmios. E para finalizar Agradecemos o apoio do Coletivo Cultcha. Esperamos todos lá!!!